COLEÇÃO TERRA VIRGEM

Compota lança nova Coleção em parceria com a Editora Terra Virgem.

Edições limitadas de livros numerados acompanhados por prints fine art  dos artistas Alan Nielsen, Edu Simões, Fausto Chermont, Loren Mcintyre, Maureen Bisilliat e Pedro Martinelli.

Amazônia, de Edu Simões

Foram cinco expedições para a Amazônia realizadas em 2011, com uma câmera tradicional Hasselblad, de formato quadrado, e 474 filmes preto e branco. “Queria fazer um trabalho que não fosse jornalístico, documental, realista, mas uma viagem pessoal que surgisse exclusivamente da vivência direta com a região amazônica e com as pessoas que se encontram lá”, conta o fotógrafo Edu Simões. “Conheci a região nos anos 80 e estive lá muitas vezes. Sabia que um dia teria de voltar para mostrar a Amazônia que me fascina e me impressiona: a floresta, as águas, as pessoas”.

 O resultado destas expedições é o livro Amazônia.

Martinelli, Pedro,  de Pedro Martinelli

Com formato de bolso e capa dura, o livro é gigante no que se refere à variedade de temas, épocas e emoções retratadas por Pedro Martinelli. As paisagens, os índios, o desmatamento e os detalhes da Amazônia permeiam todo o livro e dividem espaço com futebol; políticos, como Lula, Maluf ou Juruna; uma modelo tcheca em Paris, e uma versão “dona de casa” de Sonia Braga, cozinhando em Paraty. “Pela primeira vez um livro mostra os diversos temas com os quais trabalho; é um primeiro balanço, uma amostra do meu arquivo editada pelo Roberto Linsker, de quem recebi o convite para fazer o livro e a quem dei total liberdade para recontar minhas histórias”, diz Pedro. “Vivi mais da metade da minha vida no mato, conheço o Brasil todo, e acompanho a desgraça na Amazônia desde os anos 70. Em 1995 pedi demissão e fui fotografar o que sobrou da floresta e resgatar o que existia dos índios, que agora usam camisa de time de futebol, bermuda até o meio da canela, tênis desamarrados e boné”, completa.

Maureen Bisilliat

O livro contém 50 imagens registradas ao longo de sua trajetória fotográfica, cujas origens remontam a cópias manuseadas pela autora há décadas, entre fotografias em branco e preto, colorizadas, tonalizadas, alteradas, interferidas e guardadas. Essas obras são reproduzidas da maneira em que foram encontradas: ampliações dobradas, amassadas, manchadas, metamorfoseadas pelo esquecimento.

A seleção de imagens que compõem a publicação obedece a uma metodologia básica e intuitiva, que permitiu criar um fluxo abrangente, atemporal e descompromissado, das cronologias que Bisilliat estabeleceu em seus projetos. “Revelá-las era quase como compartilhar um segredo, uma intimidade” comenta o editor Roberto Linsker.

Na floresta, uma tarde,  de Loren McIntyre

Loren McIntyre, fotógrafo norteamericano da revista National Geographic, esteve ao longo de quase três décadas nos mais remotos confins da Amazônia, perseguindo suas histórias. O livro na floresta, uma tarde, da coleção Fotógrafos Viajantes, da Terra Virgem Editora, reúne 49 imagens em que índios, colonos, garimpeiros e prostitutas dividem com a floresta o protagonismo de suas páginas. 

 Em março de 2010, Roberto Linsker, publisher da Terra Virgem Editora, foi até o Maine, nos Estados Unidos, visitar Scott McIntyre, filho de Loren, e selecionar imagens para o livro. Sem ter um assunto específico em mente Linsker ao longo de três dias exaustivos mergulhou nos arquivos de Loren para desvendar caixas e mais caixas de slides. Foram mais de 30 mil imagens. Lá estava a documentação de uma vida. Linsker escolheu a Amazônia como tema do livro e trouxe 230 cromos originais na mala para o Brasil. Em São Paulo, elegeu 49 imagens para compor na floresta, uma tarde.

São Paulo Século XXI, de Fausto Chermont

O livro  traduz de forma inédita e instigante uma visão muito particular do fotógrafo sobre a sua cidade. São 67 imagens, registradas entre 1999 e 2009. Nelas, Fausto fez uso de diversos equipamentos e técnicas perseguindo um propósito claro: surpreender e seduzir enquanto desnuda a estranha beleza dessa cidade que seus olhos enxergam. Suas belas fotografias transformam tanto a arquitetura quanto o caos urbanístico que deixam de ser apenas documentos de uma metrópole e adentram o campo das artes visuais.

No livro, autores como Nicolau Sevcenko (historiador), Roberto Pompeu de Toledo, Rubens Fernandes Junior (crítico de fotografia) e Tereza Siza (pesquisadora e crítica portuguesa de fotografia) analisam o trabalho de Chermont com singulares reflexões. E ainda, generosamente, os relatos de Fausto guiam o leitor pelo seu labirinto visual explicitando a construção criativa das suas imagens.

Sobre a Terra Virgem Editora - Especializada em Brasil e em fotografia, a Terra Virgem Editora valoriza em suas publicações o imenso patrimônio natural e cultural do país. São livros que reúnem conteúdos precisos e linguagem simples com ênfase na informação visual. Entre os títulos da editora destacam-se a série Fotógrafos Viajantes, a série Brasil Aventura, um grande  sucesso editorial, com 6 volumes e mais de 50 mil livros vendidos; a coleção Tempos do Brasil sobre a história natural e a ocupação humana das paisagens mais fascinantes do país, além de diversos livros autorais de fotógrafos como Pedro Martinelli, Lucille Kanzawa, Roberto Setton, Klaus Mitteldorf e Ricardo Teles, entre outros.


COLEÇÃO TERRA VIRGEM

CONFIRA A COLEÇÃO