Paulo Ferreira

Começou a fotografar aos 17 anos com uma Yashica herdada de seu avô, também fotógrafo. Com 19 anos trancou o curso de Educação Artística para dedicar-se full time a fotografia. No mesmo ano foi ser assistente em estúdios fotográficos, tendo trabalhado com Mauricio Nahas, Paulo Vainer e Claudio Elizabetsky. Em 2002 mudou-se para Londres onde estagiou na revista Dazes&Confused e foi assistente do fotógrafo Rankin.

Em 2007 retornou ao Brasil. Desde então participa de exposições coletivas e fotografa para as principais editoras e agências do país.